Plauto comemora a criação do SAMU Regional com transporte aéreo

Publicado em: 02/07/2018 - 17:22
A expectativa é de que o serviço comece a ser implantado a partir de março

Durante a visita do ministro da saúde Ricardo Barros à Ponta Grossa no início da semana, o deputado Plauto Miró Guimarães Filho recebeu a confirmação de que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) Regional será efetivado nos Campos Gerais. Com isso, além de Ponta Grossa e Castro, o serviço vai ser estendido para 26 municípios que fazem parte da 3ª (Ponta Grossa) da 4ª (Irati) e da 21ª (Telêmaco Borba) Regionais de Saúde. 

Plauto vem constantemente cobrando a expansão do serviço, que contará com ao menos sete UTIS móveis, distribuídas em pontos estratégicos, com médicos e enfermeiros. Além disso, outras 25 ambulâncias de suporte básico vão compor a estrutura do SAMU Regional. Assim toda a Região contará com atendimento de urgência pré-hospitalar, fazendo com que o paciente seja conduzido com mais rapidez para o hospital que ofereça o atendimento específico para a situação.

O SAMU Regional vai contar ainda com o apoio do Grupamento Aéreo Policial de Resgate (GRAER) que será instalado no aeroporto Sant’Ana em Ponta Grossa. Em outubro do ano passado o governador Beto Richa confirmou a instalação da unidade especial da Polícia Militar nos Campos Gerais, durante a entrega de obras de melhorias do Hospital Anna Menarim em Castro.  

“Tenho feito várias cobranças em prol dos Campos Gerais e a praticamente todas foram atendidas pelo governador Beto Richa. Mas essa, em especial, provavelmente será a mais impactante, pois será um serviço que vai salvar muitas vidas, como já vem acontecendo em outras regiões do Paraná”, declarou Plauto. 

 

CIMSAMU

 

O primeiro passo para a instalação do SAMU Regional foi a criação do Consórcio Intermunicipal do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (CimSAMU). O estatuto foi aprovado no último dia 02, durante uma reunião da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG).

De acordo com a diretora da 3ª Regional de Saúde, Scheila Mainardes, a regulação do SAMU Regional ficará em Ponta Grossa. “As chamadas para o 192 de toda a região serão atendidas por uma central que irá mobilizar a equipe mais adequada para o atendimento”, explica a diretora.

Sheila também conta que a equipe de regulação acionará o hospital que irá receber o paciente e definirá o tipo de ambulância necessário para fazer o deslocamento. “Dependendo da gravidade do caso a equipe poderá definir pelo transporte aéreo, tornando ainda mais rápido o atendimento. A implantação do SAMU Regional garantir melhor tempo resposta no atendimento emergencial”, afirma.

 

Mais Notícias

Plauto destina R$ 1,5 milhão para pavimentação em Tibagi Obra deve acabar com alagamentos que afetam várias famílias
Plauto e Pauliki garantem equipamentos para a Patrulha do Campo O conjunto vai ser usado na conservação das estradas rurais de Ponta Grossa