Plauto e Pauliki comemoram a conquista de 50 viaturas para a PM

Publicado em: 06/21/2017 - 18:00
Os veículos fazem parte do primeiro lote liberado pelo governo do estadual para reequipar o setor de segurança pública

Na próxima semana, as cidades que compõem as regiões dos Campos Gerais, Norte Pioneiro e Centro Sul serão contempladas com 50 viaturas para a Polícia Militar. São veículos modelo Pálio Station Wegon, Duster, Etios, Amarok e Oroch que irão reforçar a segurança pública. Ao todo serão 534 carros que fazem parte do primeiro lote que serão distribuídos em todo o Paraná.

De acordo com o governador Beto Richa, em breve serão liberados outros veículos – inclusive para a Polícia Civil. Beto destaca que o equilíbrio das finanças do Estado possibilitou mais esse investimento.

Diante da confirmação da entrega das viaturas para as regiões em que atuam, Marcio Pauliki (PDT) e Plauto Miró Guimarães Filho (DEM) comemoram. “Essas viaturas vão ampliar e melhorar as condições de trabalho dos policiais e dar mais agilidade aos atendimentos à população. A segurança pública é uma demanda de toda sociedade e precisamos estar muito atentos a essa necessidade”, afirma Pauliki.

“A população paranaense, em especial a dos Campos Gerais, está vivenciando um momento único no país. Estamos conquistando investimentos para diversas áreas, enquanto que em muitos estados não há sequer recursos para manter os serviços básicos”, frisou Plauto. 

Nesse primeiro momento as sedes dos batalhões deverão ficar com a maior quantidade de veículos que pode variar entre quatro e seis unidades. As demais cidades deverão receber ao menos um carro novo. A distribuição é feita seguindo critérios técnicos.

Outros Investimentos

Plauto e Pauliki também já garantiram junto aos órgãos de segurança do Paraná a construção da Casa de Custódia de Ponta Grossa. Uma licitação realizada nesta segunda-feira (19) definiu a empresa que irá realizar os projetos de adequação para a construção da Casa de Custódia de Ponta Grossa. Ao todo, a construção da unidade será de aproximadamente R$ 10 milhões.

Além da Casa de Custódia, os dois parlamentares mostram preocupação com a situação da Cadeia Pública Hildebrando de Souza, em Ponta Grossa. Essa realidade fez os deputados Pauliki e Plauto buscarem recursos para a instituição. Juntos os dois parlamentares irão destinar cerca de R$ 300 mil em emendas individuais a fundo perdido, cada um, para reformas e ampliação de vagas, o que dará mais segurança para os funcionários e para toda população do entorno da Cadeia.

Mais Notícias

Em sessão solene, Assembleia Legislativa homenageia os 30 anos do Grupo RIC A solenidade foi proposta em conjunto pelos deputados Plauto Miró Guimarães e Ademar Traiano
Deputados pedem explicações sobre o Hildebrando de Souza Plauto Miró Guimarães e Márcio Pauliki enviaram ofício ao secretário Wagner Mesquita cobrando providências sobre superlotação e infraestrutura do prédio