Pauliki e Plauto garantem Casa de Custódia em PG

Publicado em: 06/07/2017 - 15:10
Investimento da unidade prisional está orçado em aproximadamente R$ 10 milhões

Os deputados Marcio Pauliki (PDT) e Plauto Miró Guimarães (DEM) garantiram junto aos órgãos de segurança do Paraná a construção da Casa de Custódia de Ponta Grossa. Ficou definido que a abertura das propostas dos projetos de execução da Casa de Custódia de Ponta Grossa será realizada no próximo dia 19. A construção da unidade carcerária tem um orçamento aproximado de R$ 10 milhões.

Durante esta semana foi protocolado um requerimento protocolado assinado por Pauliki, Plauto e também por Péricles de Mello cobrando informações sobre a realidade do sistema prisional de Ponta Grossa. “Essa é uma conquista de toda comunidade. Há tempos lutamos por essa causa e finalmente o projeto da Casa de Custódia está saindo do papel. Precisamos buscar soluções para o problema da superlotação do sistema carcerário o mais rápido possível”, ressalta Pauliki.

Após a etapa dos projetos, que deve durar 120 dias, será realizada a licitação das obras. A Casa de Custódia abrirá mais 752 vagas no sistema penitenciário da cidade.

Hildebrando

Além da Casa de Custódia, os dois parlamentares mostram preocupação com a situação da Cadeia Pública Hildebrando de Souza, em Ponta Grossa. Com uma lotação quase três vezes superior à capacidade, a unidade enfrenta uma necessidade histórica de ampliação e de melhorias na infraestrutura. São quase 800 presos para 207 vagas. A superlotação, inclusive, levou a justiça a interditar parcialmente, na semana passada, a unidade a pedido do Ministério Público. Essa realidade fez os deputados Pauliki e Plauto buscarem recursos para a instituição.

Juntos os dois parlamentares irão destinar cerca de R$ 300 mil em emendas individuais a fundo perdido para reformas e ampliação de vagas, o que dará mais segurança para os funcionários e para toda população do entorno da Cadeia.

“É uma situação que não pode esperar. Temos que unir forçar e agir. Mesmo que essa iniciativa não resolva imediatamente o problema da carceragem no Hildebrando, temos que começar a resolver o problema de algum modo. E esperamos que o Estado tome medidas emergências para diminuir a superpopulação do cadeião. Vamos ficar atentos e continuaremos com as cobranças”, salienta Plauto.  

Viaturas

Até o final deste mês o governo estadual deve entregar, também por intermédios de Plauto e Pauliki, cerca de 100 viaturas para a Polícia Militar da região dos Campos Gerais.

Mais Notícias

Colégios da região receberão R$ 1,1 milhão para reformas Recursos foram liberados a pedido do deputado Plauto Miró Guimarães
Prefeitos são autorizados a comprar caminhões para a coleta de lixo Ao todo, o governo do estado liberou R$ 50 milhões para 173 municípios
SESP confirma 2ª CIA da PM no Santa Paula A pedido dos deputados Plauto Miró e Márcio Pauliki, secretário recebeu outras reivindicações