Plauto e Pauliki cobram do DER obras da trincheira do Los Angeles

Publicado em: 02/14/2017 - 17:23
Deputados querem que os trabalhos sejam retomados para evitar mais transtornos na PR151

Em reunião realizada na sede do DER em Curitiba na manhã desta terça-feira (14), os deputados Plauto Miró Guimarães Filho (DEM) e Márcio Pauliki (PDT) foram enfáticos ao pedirem ao diretor geral do órgão, Nelson Leal Júnior, agilidade nas obras da trincheira do Jardim Los Angeles, paradas desde outubro do ano passado.

Desde que o governo do estado autorizou a obra do complexo já se passaram cerca de quatro anos. Neste espaço de tempo estão imbróglios jurídicos, alterações no projeto e morosidade na execução dos serviços.

Várias construtoras, com vasta experiência na construção de rodovias, pontes e viadutos participaram do processo licitatório para a edificação da trincheira. A competição foi intensa e só terminou após uma decisão judicial favorável a Construtora Dang.

Os trabalhos pararam depois que parte da contenção já concluída desmoronou. A execução lenta dos serviços pode ter sido uma das causas do incidente. Isso inclui a falta de impermeabilização do terreno que costuma provocar a instabilidade em escavações. 

“Estou inconformado por ter que voltar a tratar desse assunto. O nosso trabalho em assegurar os recursos da obra foram feitos de forma incansável. Precisamos ver essa trincheira pronta o mais rápido possível sejam quais forem as medidas que serão tomadas pelo DER”, argumentou Plauto.

Márcio Pauliki também pediu maior atenção por parte do DER para a trincheira. “Não dá para esperar mais. Se for necessário trocar de empresa e alterar todo o processo, que se faça urgentemente”, disse.

Nelson Leal explicou que após o desmoronamento, técnicos do DER decidiram promover ajustes em alguns detalhes do projeto estrutural. O estudo só será concluído no mês de março, mas que independentemente disso a construção será reiniciada. “Vou determinar à Construtora Dang que dê continuidade imediatamente aos serviços ajustados em contrato para garantir a segurança no tráfego”, afirmou.

Para Leal, passar a obra para outra empresa nesse momento implicaria em mais atrasos e questionamentos na justiça. “Eu também vou pedir para que a Rodonorte inclua em seu cronograma, a execução complementar da trincheira o mais rápido possível”, disse.

O deputado Márcio Pauliki frisou que a cobrança da população é grande. “Vamos acompanhar todas as ações que o DER promover em relação à trincheira. Estamos juntando forças para evitar que a situação permaneça como está”.

Plauto lembrou que o problema não está na questão financeira. “Conquistamos os recursos que é a parte mais difícil. O dinheiro está liberado e a construtora com os pagamentos em dia. Falta agora uma ação efetiva por parte do DER para a conclusão da trincheira”. 

Mais Notícias

Colégios da região receberão R$ 1,1 milhão para reformas Recursos foram liberados a pedido do deputado Plauto Miró Guimarães
Prefeitos são autorizados a comprar caminhões para a coleta de lixo Ao todo, o governo do estado liberou R$ 50 milhões para 173 municípios
SESP confirma 2ª CIA da PM no Santa Paula A pedido dos deputados Plauto Miró e Márcio Pauliki, secretário recebeu outras reivindicações